sexta-feira, 5 de abril de 2013

Plano de aula sobre o descobrimento do Brasil!!



 DICA DE LIVRO
LIVRO NO PICASAWEB 
 CLIQUE AQUI



DICA DE VÍDEO

PINDORAMA: PALAVRA CANTADA





                         DICA DE REVISTA

DOWNLOAD 

 

ESTE PLANO DE AULA É UM PROJETO FEITO PELA PROFESSORA  E RETIRADA DO SITE E REVISTA GUIA PRÁTICA PARA PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL.VOU FAZER COM OS MEUS ALUNOS DE TEMPO INTEGRAL.

Terra à vista

Confira um projeto interdisciplinar que trabalhou o descobrimento do Brasil com todo o encantamento que a data merece







Objetivos:
Compreender a importância das nossas raízes e incentivar o respeito às diferenças
Estimular a reflexão sobre as verdadeiras origens e como os antepassados foram importantes para o desenvolvimento do Brasil
Trabalhar o descobrimento do Brasil de maneira interdisciplinar (Artes, História, Geografia e Língua Portuguesa)

Faixa etária: 1º ao 5º ano 

Quem descobriu o Brasil? A resposta até pode estar na ponta da língua, mas como ir além do dia 22 de abril de 1500 e do feito de Pedro Álvares Cabral? As educadoras Maristael Palasios e Lindalva Maria Rodrigues, da Escola Municipal Manoel Joaquim Gonçalves, de Rialma (GO), encontraram o caminho para o aluno vivenciar um dos capítulos mais importantes da nossa história. “O principal objetivo do projeto Descobrimento de um Brasil Multicolorido é fazer com que o aluno compreenda a importância das nossas raízes e respeite as diferenças, valorizando o índio que habitava o Brasil antes da chegada dos portugueses”, comenta Maristael.

Para envolver os alunos na descoberta da Terra de Santa Cruz – atual cidade de Porto Seguro (BA) e primeiro nome dado ao Brasil –, as educadoras recorreram ao humor dos bonecos de fantoche, a uma peça de teatro encenada pelas crianças, a imagens e clipes que retratam monumentos históricos e à pesquisa sobre diferentes versões do descobrimento. “Também usamos a história em quadrinhos para estimular a leitura e a escrita e fazer com que o aluno transforme o aprendizado em algo concreto”, acrescenta a professora de Goiás.

Segundo Maristael, o projeto também desenvolveu potencialidades artísticas e resgatou valores: “Ao encenar o descobrimento do Brasil, os alunos demonstraram a alegria dos portugueses ao avistar novas terras e valorizaram a participação do índio na construção e na cultura de um país multicolorido. A turma entendeu que as diferenças devem ser respeitadas e podem ser um motivo a mais para a nossa união”. Acompanhe as atividades do projeto Descobrimento de um Brasil Multicolorido e inspire-se!

Vamos colorir um Brasil multicolorido? (1º e 2º ano)

1. Selecione alguns desenhos que representem o descobrimento e faça cópia em número suficiente para os alunos. 2. Peça para a turma colorir os desenhos. 3. Após a atividade, aproveite para falar sobre as diferentes raças que compõem o Brasil.

De Portugal para o Brasil (1º ao 3º ano)

1. Selecione imagens de monumentos históricos portugueses, com o objetivo de mostrar as origens do Brasil e de onde veio Pedro Álvares Cabral.

2. Introduza imagens da Terra de Santa Cruz (Porto Seguro – BA) para mostrar o local da chegada dos portugueses.

3. Promova um debate sobre o que mais chamou a atenção nas imagens e vídeos.

4. Incentive o registro das descobertas.

Dica esperta!

Antes de começar a montagem e os ensaios da peça, discuta com os alunos sobre as roupas e hábitos da época, sugira materiais que possam ser usados no cenário e no figurino dos personagens. Não se esqueça de valorizar cada personagem, sobretudo o índio.

Vamos vivenciar o descobrimento? (4º e 5º ano)

1. Reúna a turma e proponha que vivenciem o descobrimento do Brasil em uma peça de teatro.
2. Em conjunto com os alunos, elabore um texto curto e fácil de ser interpretado com as principais informações do descobrimento.
3. Solicite uma pesquisa sobre hábitos e costumes da época.
4. Peça que escolham suas funções no espetáculo. Lembre que o trabalho vai muito além do palco e serão necessários figurinistas, uma equipe para cuidar da divulgação, outra para pesquisar a trilha sonora mais adequada, um grupo para buscar opções de cenário e por aí vai.

História em quadrinhos (4º e 5º ano)

1. Com o objetivo de desenvolver a leitura e a escrita por meio da observação do senso crítico do aluno, sugira a confecção de uma história em quadrinhos. Pode ser apenas uma tirinha que narre um momento importante do descobrimento.
2. Mostre as diferenças do gênero (os textos são mais curtos e diretos, representados com balões e os desenhos precisam ser atrativos e retratar a cena descrita com fidelidade).
3. Promova a troca de tirinhas para que todos possam ler e apreciar o trabalho do outro.
4. Ao final, coloque as tirinhas em um mural na classe ou no pátio para valorizar o trabalho dos alunos.

Móbile de caravelas (1º ao 5º ano)

Materiais:

• Papel kraft
• Cartolina branca
• Papel color set vermelho
• Palito de churrasco
• Linha de bordado
• Cola
• Tesoura



1. Cole três palitos de churrasco formando a armação do móbile.
2. Recorte os moldes de barco, vela e cruz vermelha para a frente e o verso das caravelas.
3. Cole os dois lados da caravela com a linha de bordado no meio.
4. Amarre as caravelas na armação de palitos de churrasco.
5. Amarre três linhas no centro da armação de palitos para prender o móbile onde desejar.
 OU



 

 

 

FONTE: BAÚ DE IDÉIAS
Carta de Pero Vaz de Caminha (4º e 5º ano)
1. Na aula de português, utilize o texto da Carta de Pero Vaz de Caminha, enviada a Dom Manuel (rei de Portugal) para mostrar a importância da escrita em nossas vidas.
2. Ressalte que foi por meio dela que os portugueses ficaram sabendo as maravilhas da terra descoberta
. 3. Aproveite para abordar a importância do documento histórico e do registro por meio da escrita.


Dica esperta!
A carta pode render um trabalho interdisciplinar em sala de aula e envolver as disciplinas de História, Português, Geografia, Artes e até Religião.

0 comentários:

Postar um comentário