sábado, 16 de março de 2013

10 MATÉRIAS QUE A ESCOLA PODERIA ENSINAR


Todos sabemos que a educação é o alicerce de desenvolvimento de uma nação, e que também, neste país é pouco, ou nada, valorizada.

A qualidade é lástimável, onde professores não são valorizados e os alunos não usufruem de satisfatórias condições estruturais, em que ter anos de estudos, por aqui, nem sempre significa uma boa vida: dinheiro, reconhecimento, apoio e evolução.
Sempre fiquei inquieto com o propósito de se ter um diploma, e de até mesmo frequentar uma instituiçao de ensino. O "aprender apenas para passar no vestibular" me revoltava, pois achava que poderia aprender coisas mais úteis.
Sempre tive a escola mais como um lugar onde poderia me relacionar com as pessoas do que aprender o que era ensinado algo útil para a minha vida. Não que o segundo deva excluir o primeiro, mas a didática do ensino no Brasil é péssima.
Puto com isso, eu fiquei aqui imaginando matérias que poderiam ser ensinadas na escola para realmente desenvolver as pessoas.


1 - Noções de economia: Vivemos no sistema capitalista, mas poucos sabem usar, de maneira inteligente, o dinheiro. Deveriam ensinar o funcionamento dos bancos, impostos, investimentos, dívidas, juros. e etc. Também, diminuir o alto poder consumista do brasileiro e explicar o funcionamento do imposto de renda.




2 - Noções de Direito: Esse é o mais absurdo! Pra rodar a máquina dos concursos públicos e ter servidores relaxados (pra não dizer outra coisa) as pessoas precisam aprender direito. Mas pra se tornarem cidadãos conscientes... aí esquece. O direito é uma doutrina básica para se viver em sociedade, ainda mais numa sociedade que diz valorizar a democracia. E o direito vai além. Inclui o respeito, a participação e a responsabilidade.


3 - Alimentação e Saúde: "Nós somos aquilo que comemos." Problemas de saúde advindos de uma dieta irregular aumentam a cada dia. Educar as pessoas para um desfrute maior dos alimentos é fundamental. O vício dos fast-food e porcarias das ruas, tudo para se gastar menos tempo, está acabando com as pessoas. Ficar aprendendo na escolinha apenas o nome dos órgãos do aparelho digestivo é deplorável. E nessa matéria pode-se explicar de tudo: alimentos para ganhar massa muscular, acabar com a depressão, evitar o uso indiscriminado de remédios, exercícios físicos, ou seja, uma saúde de ótima qualidade.


4 - Sociedade e Cooperação: As pessoas estão cada vez mais individualistas, materialistas e imediatistas. O que acontece com os outros pouco vem importando. O que é feito em grupo nas escolas são apenas trabalhos feitos em Power Point, ou seja, coisas internas e muitas vezes "apenas para passar". O ideal seria o desenvolvimento de projetos externos, visando a melhoria de problemas na comunidade e a continuidade do que há de bom.



5 - Artes: Mas não é essa "Artes" que é ensinada. Artes Plásticas: história da arte e fazer uns rabiscos e Artes Cênicas: pura embromação. É explorar a dança (dar aulas de dança mesmo), a música (principalmente a criatividade e iniciação em algum instrumento), o cinema (exibição e discussão de filmes, além de propostas de estímulo à produção) e todas as outras formas artísticas. É fazer o aluno sentir a arte e não só estudar em livros. Arte é expressão!


6 - Tecnologias: A tecnologia sempre vem para auxiliar o homem, facilitar em suas atividades e cooperar na evolução. Porém, esse mesmo homem pode usá-la com outros propósitos, sem contar que o seu vício pode levá-lo a um abismo. Compreender sua história, funções e benefícios/malefícios é necessário para que não sejamos engolidos pelas novidades.



7 - Jogos: Com essa geração de videogame, internet e tudo muito rápido, jogos de cartas, tabuleiro e os mais simples parecem inúteis, sem graça e precários. Mas garanto que os benefícios são enormes: concentração, paciência, variado desenvolvimento cerebral, espírito competitivo (saber ganhar e perder). Pode-se começar ensinando palavras cruzadas e chegar a campeonatos de xadrez. Mas quem quiser ficar só no videogame, fica à vontade aí e atrofie o cérebro. Até os problemas físicos, como dores nas juntas e obesidade, são explicados porque hoje em dia não se pula mais corda e nem se brinca de pique-pega. É mais legal twittar pelo celular e encontrar os amigos pra bater foto no espelho do shopping.


8 - Planejamento e Controle do Tempo: Seria uma aula em que os alunos aprenderiam a administrar o seu tempo. Técnicas contra a ansiedade e impaciência e eficácia das tarefas, além de relaxamento e auto-controle. Yoga, respiração, postura, linguagem não-verbal, horários, agenda, compromissos, pontualidade, priorização de tarefas. Tudo poderia ser ensinado para evoluir o aluno no processo de desenvolvimento de suas capacidades.



9 - Percepção de Defeitos e Aprimoramento das Qualidades: É a aula do autoconhecimento buscando sempre a evolução. Seja ela física, mental ou espiritual. É buscar a vocação, explorar os dons e corrigir as imperfeições. É deixar o aluno pronto para explorar o mundo. Seria uma mistura de terapia com aplicação de testes, leituras dirigidas, com atividades/desafios específicos. Uma verdadeira salada, pois o ser humano veio para se misturar, e não se isolar.


10 - Práticas do Lar: Com essa coisa de internet, sem limites, o homem é um ser do mundo... o lar (a família) vem perdendo espaço e sendo desmerecido. Um grande erro da humanidade. O lar é o núcleo de tudo, de toda vivência do ser. Não estou falando de ser mimado, superprotegido e isolado do mundo. Mas o lar oferece todas as bases sociais. E nessa aula poderia ser ensinadas muitas coisas: atividades manuais, jardinagem, plantas, hidráulica, elétrica, cozinha, design, e claro, as relações familiares: amor, respeito, consciência, papéis sociais, planejamento familiar, sexo, sentimentos...


FONTE:http://www.byll10.com/2013/03/10-materias-que-escola-poderia-ensinar.html

0 comentários:

Postar um comentário